Page 9 - Revista Metropolis nº71
P. 9

7 SETEMBRO                         7 SETEMBRO                         11 SETEMBRO
           JOKER RI-SE EM VENEZA              LEONOR TELES NOMEADA PARA          «A HERDADE» NA CORRIDA AO
                                              PRÉMIO EUROPEU                     ÓSCAR
           «Joker», de Todd Phillips, nova
           incursão no cinema do vilão das    O filme da realizadora Leonor Teles,   Depois da exibição nos festivais de
           histórias de Batman, venceu a 76ª   «Cães que Ladram aos Pássaros», está   Toronto e Veneza, a longa-metragem
           edição do Festival de Cinema de    nomeado pelo festival de Veneza    «A Herdade», do realizador Tiago
           Veneza. O restante palmarés incluiu   para o prémio de curta-metragem   Guedes, é o candidato de Portugal
           ainda o Leão de Prata (grande      da Academia Europeia de Cinema.    a uma nomeação para o Óscar
           prémio do júri) para «J'Accuse», o   A curta-metragem concorria à 76.ª   de melhor filme estrangeiro em
           drama de Roman Polanski. O sueco   edição do Festival de Cinema de    2020, uma escolha da Academia
           Roy Andersson recebeu o Leão de    Veneza na secção Orizzonti. O filme   Portuguesa de Cinema (APC). A
           Prata para a melhor realização, pelo   acompanha os dias de verão de Vicente   estreia mundial aconteceu na
           seu filme «About Endlessness»,     e da sua família, obrigados a sair da sua   competição oficial do 76.º Festival de
           anunciado como uma reflexão sobre   casa no centro do Porto, por força da   Cinema de Veneza, onde o realizador
           a beleza, crueldade, esplendor e   especulação imobiliária. Os prémios da   Tiago Guedes foi distinguido
           banalidade da vida humana. Nas     Academia Europeia de Cinema serão   com o Prémio Bisato d'Oro da
           categorias de representação, a Taça   entregues numa cerimónia marcada   crítica independente para melhor
           Volpi  melhor ator foi entregue a Luca   para 7 de dezembro em Berlim, na   realização. O filme de Tiago Guedes
           Marinelli, no papel de um marinheiro   Alemanha.                      é também o candidato português
           envolvido nos conflitos sociais da                                    escolhido pela APC a uma nomeação
           Itália do pós-guerra, no filme «Martin                                para os Goya - os prémios de cinema
           Eden»; entre as atrizes, a vencedora                                  de Espanha - na categoria de melhor
           foi a francesa Ariane Ascaride, por                                   filme ibero-americano.
           «Gloria Mundi». «La Mafia Non è Più
           Quella di Una Volta», documentário
           satírico de Franco Maresco, recebeu o
           Prémio especial do Júri.
















































                                                                                          METROPOLIS OUTUBRO 2019  9
   4   5   6   7   8   9   10   11   12   13   14